Fábio Gonçalves nasceu a 4 de Outubro de 1992, no Cartaxo, e já se tornou um sinónimo de noite. Desde o vídeo, à música electrónica ou à produção de eventos, é à noite que se movimenta 7 dias por semana.
Para além de ser o fundador e principal realizador da produtora audiovisual BdProd, é um dos responsáveis pela criação de DUNK, um projecto cujas intenções cumprem as aspirações de Label e Produtora de Eventos.

Aos 21 anos, Fábio já tinha visto dois dos seus videoclips emitidos na MTV e em canais generalistas.
O seu trabalho foi requisitado pelo Green Valley (Brasil), a melhor discoteca do mundo, levando-o a editar os vídeos de presenças como as de Steve Aoki, David Guetta e Nicky Romero.

Depois de ter viajado pela primeira vez até ao Tomorrowland (Bélgica), onde se associou à melhor agência Techno do mundo – Kne’Deep - tem a oportunidade de trabalhar com artistas como DJ Rush e Huma-Noyd Live, acrescentando estes nomes à lista de entidades com quem trabalha regularmente que inclui Club Banditz, Eddie Ferrer, Carlos Manaça, Victor Porfidio e Sporjovem.
É um jovem empreendedor que tem o seu talento reconhecido em Portugal, mas também em Miami, Dubai, Qatar, Tailândia, Venezuela, Brasil, Angola, França, Reino Unido, Espanha, Suécia, República Checa, Suíça, Bélgica e Itália.
 
Desde a infância que as câmaras de filmar e fotografar lhe são um interesse natural. Aos 15 anos, já depois de ter experimentado a criação de música electrónica, começou a realizar os seus primeiros vídeos. Em 2011, escolheu a licenciatura de Cinema e Vídeo da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, que lhe deu a oportunidade de participar em diversos projectos como a realização e edição Princesa (2012), uma curta-metragem que lhe trouxe um reconhecimento especial por ter sido o único filme português nomeado para o Festival Internacional de Cinema de Moscovo e ainda Bestas (2014), onde pôde ser responsável pela câmara e montagem do vencedor da primeira edição do Grande Prémio Sophia Estudante atribuído pela Academia Portuguesa de Cinema.

Apesar do sucesso destes projectos académicos, profissionalmente, é a vertente da noite que merece maior destaque, mantendo a atividade de realizador e editor de vídeos de discotecas, de djs e também de videoclips para alguns dos maiores nomes do meio nacional e internacional.